Kairós – o tempo na poesia de Orides Fontela

Autores

  • Allan Alves Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

Orides Fontela, Tempo, Kairós

Resumo

Esse ensaio visa pensar sobre a característica do tempo na poesia de Orides Fontela. Para isto, noto em seus poemas constantes referências semânticas ao conceito do kairós em suas dimensões míticas – gregas e cristãs. No entanto, sua poesia não apenas alude ao conceito, mas o reelabora, cria e produz novos significados, na condição de explorar a dimensão que o instante produz de modo interno e externo aos sentidos do texto.

Biografia do Autor

Allan Alves, Universidade de São Paulo

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Teoria Literária e Literatura Comparada (FFLCH/USP).

Referências

AGOSTINHO. A graça (I). São Paulo: Editora Paulus, 1999. Coleção Patrística, v. 12.

BACHELARD, Gaston. A chama de uma vela. Tradução de Glória de Carvalho Lins. Rio de Janeiro: Editora Bertrand Brasil, 1989.

BARROS, Manoel de. Matéria de Poesia. In: Poesia Completa. São Paulo: Leya, 2010.

BÍBLIA. Novo Testamento: os quatro evangelhos. Tradução de Frederico Lourenço. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 2017.

BÍBLIA. Os Santos Evangelhos. Tradução de Mateus Horpers. Revisão acadêmica de Emmanuel Carneiro Leão. Rio de Janeiro: Vozes, 1978.

BLAIR, Thom (Ed.). The Hebrew-English Interlinear ESV Old Testament (Bíblia Hebraica Sttugartensia). EUA: Crossway, 2013.

CASSIN, Barbara. Dictionary of unstralatables. Tradução de Steve Rendall et al. EUA: Princeton University Press, 2014.

CASTRO, Manuel Antônio de. Dicionário de Poética e Pensamento. s/d. Disponível em: http://www.dicpoetica.letras.ufrj.br. Acesso em: 26 dez. 2020.

CHAUÍ, Marilena. Janela da alma espelho do mundo. In: NOVAES, Adauto (Org.). O olhar. São Paulo: IMS, 1988.

CHAUÍ, Marilena. Orides Fontela e a Filosofia. Colóquio 50 anos de Transposição. FFLCH-USP, 2019.

CIRLOT, Juan-Eduardo. Dicionário de Símbolos. Tradução de Rubens Eduardo Ferreira Frias. Rio de Janeiro: Editora Moraes, 1984.

DICKINSON, Emily. 80 poemas. Tradução de Jorge de Sena. Lisboa: Editora Guimarães, 1979.

FONTELA, Orides. Poesia reunida. São Paulo: Hedra, 2015.

FONTELA, Orides. Orides Fontela: Toda Palavra é Crueldade. Nathan Matos (Org.). Belo Horizonte: Moinhos, 2019.

GALVÃO, Donizete. Orides Fontela: o maior bem possível é a sua poesia. Poemargens, Rio de Janeiro, 12 out. 2010. Disponível em: https://poemargens.blogspot.com/2010/10/orides-fontela. Acesso em: 03 jan. 2021.

LIDDEL, George; SCOTT, Robert. A Greek-English Lexicon. Oxford: Oxford University Press, 1996.

ONIANS, Richard Broxton. The origins of european thought. United Kingdom: Cambrigde University Press, 2000.

PASCAL, Blaise. Pensamentos. São Paulo: Editora Abril, 1973. Coleção os Pensadores.

PERSKY, Richard. Kairos: A cultural history of time in the greek polis. 2009. Tese (Doutorado em Filosofia) – Departamento de Estudos Clássicos, Universidade de Michigan, 2009.

ROCHA, João Cezar de Castro. A crítica literária e seus descontentes. Revista da Academia Brasileira de Letras, Rio de Janeiro, n. 79, 2014.

SONTAG, Susan. Sobre a fotografia. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 2004.

VERNANT, Jean-Pierre. Mito e pensamento entre os gregos: estudos de psicologia histórica. Tradução de Haiganuch Sarian. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.

Publicado

2023-08-22

Como Citar

ALVES, Allan. Kairós – o tempo na poesia de Orides Fontela. A Palo Seco – Escritos de Filosofia e Literatura, São Cristóvão-SE: GeFeLit, n. 16, p. 125–143, 2023. Disponível em: https://periodicos.ufs.br/apaloseco/article/view/n16p125. Acesso em: 21 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos