De avô para pai, de pai para filho

Tradição e memórias dos vaqueiros de Elesbão Veloso, Piauí, Nordeste do Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.61895/pl.v17i33.19777

Palavras-chave:

Memória. Vaqueiro. Piauí.

Resumo

O presente trabalho tem por interesse analisar as mudanças e as permanências nas práticas dos vaqueiros da cidade de Elesbão Veloso, Piauí, Nordeste do Brasil, no final do século XX e início do século XXI através de fragmentos de memórias. Nesse sentido, utiliza-se a metodologia da História Oral (Freitas, 2006) e o conceito de memória (Halbwachs, 1990; Pollak, 1992), para compreender as culturas, as representações e as identidades dos sertanejos que lidam com o gado e continuam mantendo vivas algumas das tradições do vaqueiro no Piauí. Afinal, desde o processo de ocupação dos Sertões de Dentro, no Piauí, a participação do vaqueiro foi fulcral para o desenvolvimento social, econômico, político e cultural da região dominada pela pecuária extensiva. Mesmo com a chegada das novas tecnologias na contemporaneidade, verifica-se que algumas práticas permanecem sendo perpetuadas pelos vaqueiros de Elesbão Veloso-PI através da memória, da cultura da vaquejada e do cotidiano social dos sertanejos que lidam com o gado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

A CIDADE DE ELESBÃO VELOSO. Disponível em: https://elesbaoveloso.pi.gov.br/a-cidade-de-elesbao-veloso/ . Acesso em: 31 jul. 2023.

ALBUQUERQUE JR., Durval Muniz. Nordestino: invenção do “falo”: uma história do gênero masculino (1920-1940). 2. ed. São Paulo: Intermeios, 2013.

BRANDÃO, Tanya Maria Pires. O escravo na formação social do Piauí: perspectiva histórica do século XVIII. Teresina: EDUFPI, 2015.

BARRETO, João de Deus. Entrevista concedida a Maria Helena Alves Ferreira. Elesbão Veloso, PI, 2023.

CHARTIER, Roger. À beira da falésia: a história entre incertezas e inquietudes. Porto Alegre: EDUFRGS, 2002.

CNES. Disponível: https://cnes2.datasus.gov.br/Listar_Mantidas.asp?VCnpj=02682675000193&VEstado=22&VNome=SMS%20E%20MEIO%20AMBIENTE%20DE%20ELESBAO%20VELOSO. Acesso em: 03 ago. 2023.

COSTA, Iranildo Moreira. Entrevista concedida a Maria Helena Alves Ferreira. Elesbão Veloso, PI, 2023. DOI: https://doi.org/10.17771/PUCRio.OSQ.63665

DATASEBRAE: perfil municipal de Elesbão Veloso. Unidade de Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial. 2020. Disponível em: https://datasebrae.com.br/municipios/pi/Elesb%C3%A3o%20Veloso.pdf . Acesso em: 03 ago. 2023.

DANTAS, Cledson Pereira. Entrevista concedida a Maria Helena Alves Ferreira. Elesbão Veloso, PI, 2023

DIAS, Claudete Maria Miranda. Povoamento e despovoamento: da pré-história à sociedade escravista colonial. In: Revista FUMDAMentos. São Raimundo Nonato: FUMDHAM, 2006. v. 4, p. 417-429.

IBGE. Anuário Estatístico do Brasil - 2010. Piauí: IBGE, 2010. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pi/elesbao-veloso/panorama. Acesso em: 03 ago. 2023.

HALBWACHS, Maurice. Memória coletiva. São Paulo: Venice, 1990.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Tradução: Tomaz Tadeu da Silva e Guacira Lopes Louro. 11.ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2011.

HOBSBAWM, Eric. A invenção das tradições. (org.). Trad. Celina Cardim Cavalcante. 15. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2022.

MOTT, Luís R. B. Piauí Colonial: população, economia e sociedade. Teresina: Projeto Petrônio Portela, 1985.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. História & história cultural. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

POLLAK, Michael. Memórias e identidade social. In: Estudos históricos. Rio de janeiro, v. 5, n. 10, p. 200-215, 1992.

POTIER, Robson William. O sertão virou verso, o verso virou sertão: sertão e sertanejos representados e ressignificados pela literatura de cordel (1900-1940). 2012, 175f. Dissertação (Mestrado em História), Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.

QUEIROZ, Teresinha. Economia piauiense: da pecuária ao extrativismo. 3. ed. rev. Teresina: EDUFPI, 2006.

SILVA, Walteir Sousa da. Entrevista concedida a Maria Helena Alves Ferreira. Elesbão Veloso, PI, 2023.

TAPETY, Audrey Freitas. O vaqueiro no Piauí: representações e práticas socioculturais (1960 a 2000). 2007, 107f. Dissertação (Mestrado em História do Brasil). Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2007.

TEODORIO, Rogério Júnior. “A gente leva o dinheiro, mas fica o couro”: migração temporária de camponeses para o trabalho no corte de cana, adoecimento, morte, e Políticas de proteção social: o caso de Elesbão Veloso-PI. 2010, 277f. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas). Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2010.

WILLIAMS, Raymond. Campo e cidade: na história e na literatura. Trad. Paulo Henrique Britto. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

Downloads

Publicado

2023-12-30

Como Citar

FERREIRA, Maria Helena Alves; CARDOSO LIMA, Nilsângela. De avô para pai, de pai para filho: Tradição e memórias dos vaqueiros de Elesbão Veloso, Piauí, Nordeste do Brasil. Ponta de Lança: Revista Eletrônica de História, Memória & Cultura, São Cristóvão, v. 17, n. 33, p. 147–163, 2023. DOI: 10.61895/pl.v17i33.19777. Disponível em: https://periodicos.ufs.br/pontadelanca/article/view/19777. Acesso em: 18 abr. 2024.