SOFTWARE PHILCARTO: uma ferramenta para o uso da linguagem cartográfica diginal na escola

Autores

  • Rafael Rodrigues da Franca Docente do Departamento de Geografia Universidade Federal de Rondônia
  • Alyson Fernando Alves Ribeiro
  • José Hunaldo Lima Docente do Departamento de Geografia Universidade Federal de Sergipe (campus Itabaiana)

Resumo

O ensino da geografia requer diferentes linguagens que contribuam para a formação de um aluno participativo e crítico, que reconheça a importância da ciência geográfica para a compreensão do mundo que habita. Uma dessas linguagens é a cartografia digital, que pode estimular a inclusão digital dos educandos e proporcionar um maior interesse e motivação destes em relação à disciplina. Este trabalho tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento da alfabetização cartográfica, ao apresentar uma proposta de cunho didático baseada num programa cartográfico gratuito. A experiência aqui relatada utilizou o software Philcarto em uma oficina escolar no XXIV Congresso Brasileiro de Cartografia realizado em 2010 na cidade de Aracaju. O programa pode ser obtido na página do autor na internet, possui versão em língua portuguesa, sua estrutura é funcional, de uso simples e apresenta recursos cartográficos e estatísticos que podem ser amplamente explorados pelo professor e seus alunos. Com base nas experiências com a utilização do software, verificou-se que o uso do Philcarto apresenta bons resultados. O programa proporciona a compreensão das representações cartográficas implicando em um processo de aquisição, pelos alunos, de um conjunto de conhecimentos e habilidades. O mesmo ainda facilita a leitura de informações pelos educandos e permite uma maior compreensão do espaço que apenas alfabetizados cartograficamente podem usufruir. Palavras-chave: ensino de cartografia, inclusão digital, alfabetização cartográfica, software Philcarto, oficina

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alyson Fernando Alves Ribeiro

Acadêmico de Geografia Universidade Federal de Sergipe (campus Itabaiana)

Downloads

Edição

Seção

Artigos