Poesia mística no modernismo brasileiro

a poesia mística de Jorge de Lima

Autores

DOI:

https://doi.org/10.51951/ti.v13i29.p104-119

Palavras-chave:

Poesia, Misticismo, Modernismo, Surrealismo, Religiosidade

Resumo

Jorge de Lima foi um importante poeta alagoano que se dedicou a escrever materiais de grande valia à literatura brasileira, no entanto, apesar da riqueza literária destes materiais, eles são poucos disseminados e debatidos no Brasil, o que resulta no baixo número de estudos sobre este poeta e o seu acervo. A partir disso, de modo a melhorar o cenário exposto, este estudo surgiu com o intuito de examinar as nuances da poesia mística no Modernismo brasileiro, direcionado ao lirismo do poeta supramencionado, selecionando, para sustentar as análises desenvolvidas, uma de suas obras mais significativas que é A túnica inconsútil (1938). Para dar vida a este estudo, foi desenvolvida uma pesquisa bibliográfica fundamentada maiormente em teóricos como Gerson Scholem, essencial para construir uma compreensão mais direcionada sobre os traços místicos identificados no poeta, e Luciano Cavalcanti, o qual para além de corroborar para as evidências místicas presentes em Jorge de Lima, aponta outros caracteres que compõem a poesia limiana, a exemplo do surrealismo. Diante disso, é imprescindível apontar que as teorias supracitadas foram aplicadas à análise de cinco poesias presentes no livro mencionado, as quais evidenciaram a singularidade do poeta ao construir a relação poeta-poesia-religiosidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emily Tavares NASCIMENTO, Universidade Federal de Sergipe - UFS

Graduanda em Letras Vernáculas pela Universidade Federal de Sergipe - UFS - Departamento de Letras Vernáculas-DLEV; São Cristóvão-SE, Brasil. Bolsista de iniciação científica - CNPq.

Referências

ASSUNÇÃO, S. Poesia e crise em Jorge de Lima e Murilo Mendes. Revista de Letras, Curitiba, v. 18, n. 22, p. 40-54, jan./jul. 2016.

Bíblia. Português. Bíblia Sagrada. Tradução das introduções e notas de La Bible de Jérulasem”. ed: revista e ampliada, Paris, 1998.

BOSI, A. O ser e o tempo da poesia. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

BOSI, A. História concisa da literatura brasileira. São Paulo: Cultrix, 2006.

BRETON, A. Manifestos do surrealismo. Rio de Janeiro: Nau Editora, 2004.

CAVALCANTI, L. Poesia e transcendência em A Túnica Inconsútil. Revista Línguas & Letras – Unioeste – Vol. 15. 2014.

CAVALCANTI, L. O Surrealismo na Lírica de Jorge de Lima. Rio de Janeiro: Revista Eutomia, 2007.

CHURCHILL, W. Memórias da Segunda Guerra Mundial. Tradução revista Gleuber Vieira. – 1ª ed. – Rio de Janeiro, 2017.

FRIEDRICH, H. Estrutura da lírica moderna. São Paulo: Duas Cidades, 1991.

HELLMANN, R. A trajetória da arte surrealista. Revista NUPEM, Campo Mourão, v. 4, n. 6, jan./jul. 2012.

LIMA, J. de. Anunciação e encontro de Mira-Celi. Tempo e eternidade. A túnica inconsútil. Rio de Janeiro: Record, 2006.

MENDES, M. Poesia Liberdade. Rio de Janeiro: Record, 2001.

SCHOLEM, G. A cabala e o seu simbolismo. Tradução de Hans Borger e J. Guinsburg. São Paulo: Perspectiva, 2015.

STAIGER, E. Conceitos fundamentais da poética. Tempo Brasileiro: Rio de Janeiro, 1997.

Publicado

2023-05-22

Como Citar

NASCIMENTO, Emily Tavares. Poesia mística no modernismo brasileiro: a poesia mística de Jorge de Lima. Travessias Interativas, [S. l.], v. 13, n. 29, p. 104–119, 2023. DOI: 10.51951/ti.v13i29.p104-119. Disponível em: https://periodicos.ufs.br/Travessias/article/view/19214. Acesso em: 24 abr. 2024.