Paródia em Nikos Kazantzákis

o Cristo Recrucificado

Autores

DOI:

https://doi.org/10.51951/ti.v13i29.p135-145

Palavras-chave:

Bíblia, Intertextualidade, Nikos Kazantzákis

Resumo

Pretendemos voltar nossa atenção à produção narrativa de Nikos Kazantzákis (1883-1957), mais precisamente ao romance O Cristo recrucificado (1971), e investigar quais são os possíveis efeitos da retomada do discurso religioso pelo escritor. Para tanto, faremos uso de contribuições vindas do campo de estudo da Literatura Comparada, como as de Samoyault (2008) e as de Hutcheon (1985), autoras que se detiveram sobre assuntos como intertextualidade e paródia, respectivamente. Postulamos, diante disso, que O Cristo recrucificado pode ser lido sob a ótica de uma paródia (retomada com comentário crítico) da Paixão de Cristo, evento tornado público a partir dos “Evangelhos Sinóticos” de Mateus, Marcos, Lucas e João, na qual Kazantzákis faz uso intertextual de passagens bíblicas para sustentar sua crítica ao cristianismo estabelecido, representado pela Igreja Católica Ortodoxa e por suas autoridades, e enfatizar seu distanciamento dos ideais de Jesus Cristo, conforme trazido pelos Evangelhos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Victor Rodrigues SANTOS, Universidade Federal de Sergipe - UFS

Mestrando; Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL/UFS); Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, Sergipe, Brasil.

Referências

BÍBLIA. Português. Bíblia de Jerusalém. 1. ed. 14. reimpr. São Paulo: Paulus, 2020.

EAGLETON, Terry. Como ler literatura. 3. ed. Trad. Denise Bottmann. Porto Alegre: L&PM, 2021.

HUTCHEON, Linda. Teoria da paródia. Trad. Teresa Louro Pérez. Rio de Janeiro: Edições 70, 1985.

KAZANTZÁKIS, Nikos. O Cristo recrucificado. Trad. Guilhermina Sette. São Paulo: Abril Cultural, 1971.

NIETZSCHE, Friedrich. Obras incompletas. Trad. Rubens Rodrigues Torres Filho. 2. ed. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

NIETZSCHE, Friedrich. O anticristo. Trad. David Jardim Júnior. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2016.

SAMOYAULT, Tiphaine. A intertextualidade: memória da literatura. São Paulo: Aderaldo & Rothschild, 2008.

Publicado

2023-05-22

Como Citar

SANTOS, João Victor Rodrigues. Paródia em Nikos Kazantzákis: o Cristo Recrucificado. Travessias Interativas, [S. l.], v. 13, n. 29, p. 135–145, 2023. DOI: 10.51951/ti.v13i29.p135-145. Disponível em: https://periodicos.ufs.br/Travessias/article/view/19217. Acesso em: 23 abr. 2024.