LEIBNIZ: AS LÍNGUAS E AS NAÇÕES

Autores

  • Hudson Canuto Ifal

Resumo

Para Leibniz, as línguas todas parecem ter procedido de alguma língua muito antiga, já perdida ou, pelo menos, muito modificada e corrompida por conta de fatores sejam internos ou externos que influíram sobre ela. Dessa modificação ou corrupção originam-se as línguas modernas. Para além da consideração de qual poderia ter sido a língua mais próxima àquela original, deve-se enfocar no fato de que na conexão das línguas vê-se patentemente a conexão das nações. Isso faria ver que os povos, europeus pelo menos, teriam uma origem comum.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2024-03-02