O(s) Ser-tão(ões) e suas histórias: narrativas, acontecimentos e temporalidades

Autores

DOI:

https://doi.org/10.61895/pl.v17i33.20121

Palavras-chave:

Narrativas, Memórias, Temporalidades

Resumo

O processo de conquista, ocupação e povoamento do atual território brasileiro para além de sua costa marítima ocorreu, com relativo destaque, adentrando às terras do sertão desde os tempos da colonização quando o território passou a fazer parte da América Portuguesa, passando pelo Império Brasileiro até o atual presente histórico republicano. Dentro dessa perspectiva, os sertões - aqui compreendido pela sua pluralidade, diversidade e múltiplos significados -, têm uma importância sui generis quanto as suas contribuições como elemento constituinte e constituidor da cultura, sociedade e história do Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lina Maria Brandão de Aras , Universidade Federal da Bahia

Professora Titular aposentada do Departamento de História, da Universidade Federal da Bahia

José Vieira da Cruz, Professor Associado II da Universidade Federal de Sergipe

Professor Associado II da Universidade Federal de Sergipe.

Pedro Abelardo de Santana, Universidade Federal de Alagoas

Doutor em História Social pela UFBA

Referências

ALBUQUERQUE JÚNIOR, Durval Muniz de. A invenção do Nordeste e outras artes. Recife: FJN, Massangana; São Paulo: Cortez, 2006.

ALENCAR, José de. O Sertanejo. São Paulo: Martin Claret, 2007.

ARRUDA, Gilmar. Cidades e sertões: entre a história e a memória. Bauru: EDUSC, 2000.

BAKTIN, Mikhail. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento. São Paulo: HUCITEC; Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 1987.

BHABHA, Homi. O local da cultura. Belo Horizonte: Editora UFMG. 1998.

BURKE, Peter. Cultura popular na Idade Moderna. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

CUNHA, Euclydes da. Os Sertões: campanha de Canudos. Rio de Janeiro: Francisco Alves Editora, 1997.

FREYRE, Gilberto. Nordeste: aspectos da influência da cana sobre a vida e a paisagem do Nordeste do Brasil. São Paulo: Global, 2004.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: Lamparina, 2019.

SÁ, Antônio Fernando de Araújo. Entre práticas e representações: ensaios e estudos. São Paulo: Editora LiberArs, 2020.

TODOROV, Tzvetan. As estruturas narrativas. São Paulo: Perspectiva, 2008.

WILLIAMS, Raymond. Campo e cidade: na história e na literatura. São Paulo: Companhia das Letras. 1989.

Downloads

Publicado

2023-12-30

Como Citar

ARAS , Lina Maria Brandão de; CRUZ, José Vieira da; SANTANA, Pedro Abelardo de. O(s) Ser-tão(ões) e suas histórias: narrativas, acontecimentos e temporalidades. Ponta de Lança: Revista Eletrônica de História, Memória & Cultura, São Cristóvão, v. 17, n. 33, p. 10–13, 2023. DOI: 10.61895/pl.v17i33.20121. Disponível em: https://periodicos.ufs.br/pontadelanca/article/view/20121. Acesso em: 18 abr. 2024.