Anúncios

  • Chamada dossiê: Cultura política, consumo e experiências infantojuvenis na América Latina

    2023-12-12

     

    Cultura política, consumo e experiências infantojuvenis na América Latina

    Embora desde o início do século vinte o consumo forme parte da vida cotidiana de crianças, adolescentes e jovens, nos últimos tempos, da mesma forma que para os adultos, a oferta de produtos e serviços se multiplicou. Diversos estudos e intelectuais chamaram a atenção para os perigos que este processo aporta para as vivências infantis e juvenis, das quais emergiu, por exemplo, a “criança consumista” (POSTMAN, 2005; CASTRO, 1998). No entanto, entendido de maneira ampla, o consumo não significa apenas adquirir ou comprar produtos e serviços, mas também intercambiar, reutilizar e reciclar. Da mesma maneira, se consomem imagens, ideias e produtos culturais que muitas vezes reproduzem estereótipos, mas que também podem gerar laços de sociabilidade e de pertencimento, que transcendem as fronteiras locais e nacionais. É nesse alargamento do conceito de consumo que propomos como desafio pensar as experiências infantojuvenis em diálogo com a cultura política. Como se sabe, o conceito de cultura política implica um conjunto de crenças, práticas e comportamentos que orientam uma dada identidade e que guiam a construção de estratégias coletivas (ALMOND, VERBA, 1963). Em contextos de fortes controvérsias e desigualdades como os atuais e a partir da perspectiva histórica, pode uma cultura política expressar experiências provenientes, inicialmente, do universo do consumo? Em que medida a América Latina, dada sua diversidade cultural, fornece um lócus onde as infâncias e as juventudes podem construir práticas de consumo que orientem sua identidade no jogo político? A proposta deste dossiê é acolher trabalhos, projetos e ensaios que, ao abordar as culturas políticas e o consumo nas infâncias e juventudes, permitam iluminar dimensões vitais das experiências de meninos e meninas, adolescentes e jovens, atravessadas por relações intergeracionais e pelos marcadores de classe, de etnia e de gênero. Assim, esperamos receber trabalhos sobre produtos e seus mercados, programas de televisão, publicidades e plataformas digitais; o diálogo desses universos com o campo político; a conformação de grupos identitários entre crianças e jovens, como fãs clubes, coletivos estudantis, jovens religiosos ou lgbtqiapn+, suas demandas e mercados; sobre organizações que buscam proteger as crianças e os jovens da exposição do mercado e sobre o mundo globalizado de forma geral.

    Organizadoras

    Dra. Camila Serafim Daminelli - Universidade do Extremo Sul Catarinense (Brasil), GT História da Infância e da Juventude – Anpuh, Red de Historia de las Infancias en América Latina – Rehial.

    Dra. M. Paula Bontempo - Universidad Nacional Arturo Jauretche (Argentina), Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas – Conicet, Red de Historia de las Infancias en America Latina – Rehial.

    Datas importantes:

    Recepção de artigos: 15/03/2024
    Previsão lançamento do dossiê: 30/05/2024

    Saiba mais sobre Chamada dossiê: Cultura política, consumo e experiências infantojuvenis na América Latina
  • Dossiês 2024

    2023-10-19

    60 anos do golpe civil-militar de 1964: história, historiografia e suas reverberações

    Organização

    Mélanie Toulhoat - Investigadora do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa (IHC/NOVA FCSH)

    Nashla Dahás -  Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)

    Paulo César Gomes - Pesquisador de pós-doutorado no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Fluminense (PPGH/UFF)

    Envio de textos até 15/12/2023 (chamada encerrada)

     

    Ensino de história em tempos digitais

    Organização

    Martha Isabel Barrero Galindo

    Professora da Universidade Surcolombiana. Neiva – Huila – Colômbia

    Envio de textos até 15/01/2024

     

    Cultura política, consumo e experiências infantojuvenis na América Latina

    Organização

    Dra. Camila Serafim Daminelli

    Universidade do Extremo Sul Catarinense (Brasil), GT História da Infância e da Juventude – Anpuh, Red de Historia de las Infancias en América Latina – Rehial.

    Dra. M. Paula Bontempo

    Universidad Nacional Arturo Jauretche (Argentina), Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas – Conicet, Red de Historia de las Infancias en America Latina – Rehial.

    Envio de textos até 15/03/2024

     

    Imigrações e o Tempo Presente

    Organização

    Michelle Maria Stakonski Cechinel, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC.

    Envio de textos até 15/04/2024

     

    História pública, tempo presente e o futuro da esperança

    Organização

    Marta Gouveia de Oliveira Rovai - Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL);

    Ricardo Santhiago Correa - Universidade Federal de São Paulo (Unifesp);

    Fabíula Sevilha de Souza - Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN.

    Envio de textos até 15/05/2024

    Saiba mais sobre Dossiês 2024