Tesauro no domínio da Comunicação Científica

aplicação do modelo integrado de Cervantes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.33467/conci.v6i.18900

Palavras-chave:

Comunicação Científica, Linguagem documentária, Tesauros

Resumo

Pesquisa sobre a aplicação do Modelo Integrado de Construção de Tesauros de Cervantes, na área de domínio da Comunicação Científica. Tem como objetivo a construção de um tesauro para o domínio da Comunicação, em específico o subdomínio Comunicação Científica a partir da utilização do modelo Metodológico Integrado de Cervantes (2009). Utiliza como metodologia a pesquisa bibliográfica; emprega para a construção da Linguagem Documentária o modelo supracitado de Cervantes; e utiliza como ferramenta para a estruturação do tesauro o software TemaTres. Para a extração dos termos e delimitação do subdomínio, faz uso do artigo científico “Comunicação científica: reflexões sobre o conceito”, de autoria de Caribé (2015), e do Dicionário de Biblioteconomia e Arquivologia para a verificação dos termos. A coleta dos dados resultou em 307 termos da área em estudo, sendo os termos centrais e que contêm maior peso semântico “Científica”, “Ciência” e “Comunicação”, seguidos de “Conhecimento”, “Educação”, “Compreensão” e “Pública”. Apresenta como resultado a construção do Tesauro em Comunicação Científica. Conclui que a aplicação do modelo proposto por Cervantes permitiu a análise sistemática e a conseguinte elaboração do tesauro no subdomínio da Comunicação Científica. Entende que a construção do tesauro na temática supracitada, bem como a descrição de seu processo, facilidades e limitações encontradas, contribui para a compreensão de estudantes de Biblioteconomia e áreas afins dos conceitos e procedimentos dos sistemas de organização do conhecimento, em especial, dos tesauros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andreza Pereira Batista, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Mestranda pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará (PPGCI-UFC).  Especialista em Biblioteconomia e Gestão de Bibliotecas Escolares pelo Instituto ProMinas/Faculdade Única. Graduada Summa Cum Laude em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará.

Francisca Clotilde de Andrade Maia, Universidade Federal do Ceará

Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará. Mestranda em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará (PPGCI-UFC). 

Saul Rodrigues Alcântara, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Graduando em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará.

Heliomar Cavati Sobrinho, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Docente do Departamento de Ciências da Informação e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI-UFC) da Universidade Federal do Ceará. 

Referências

CARIBÉ, R. C. V. Comunicação científica: reflexões sobre o conceito. Informação & Sociedade, João Pessoa, v. 25, n. 3, p. 89-104, 2015. Disponível em:

https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/23109. Acesso em: 10 jan. 2021.

CAVATI SOBRINHO, H. A representação documentária do domínio da economia: análise de estruturas de representação em linguagens documentárias e documentos específicos de economia. 2014. 148 f. Tese (Doutorado) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, 2014. Disponível em: https://repositorio.ufc.br/handle/riufc/19139. Acesso em: 28 maio 2023.

CERVANTES, B. M. N. A construção de tesauros com a integração de procedimentos terminográficos. 2009. 198 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2009.

CINTRA, A. M. M.; TÁLAMO, M. F. G. M.; LARA, M. L. G.; KOBASHI, N. Y. Para entender as linguagens documentárias. São Paulo: Polis: APB, 1994. 72 p.

CUNHA, M. B.; CAVALCANTI, C. R. O. Dicionário de Biblioteconomia e Arquivologia. Brasília: Briquet de Lemos, 2008. 451 p. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/34113. Acesso em: 10 jan. 2021.

FERREIRA, A. C.; MACULAN, B. C. M. D. S. Metodologias para revisão e atualização de tesauros: mapeamento da literatura. Informação & Informação, Londrina, v. 25, n. 1, p. 229-253, 2020. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/137687. Acesso em: 31 maio 2023.

FERREYRA, D. TemaTres. [S. l.], 2019. Disponível em: https://www.vocabularyserver.com/doubts. Acesso em: 15 jan. 2021.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002. 176 p.

INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA (Brasil). Grupo de Pesquisa sobre Tecnologias para Gestão da Informação. TemaTres. [S.l.], [20--]. Disponível em: http://labcoat.ibict.br/portal/?page_id=238. Acesso em: 30 nov. 2020.

LE COADIC, Y. F. A ciência da informação. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 1996.

MAIMONE, G. D. Informação e conhecimento: insumos para o trabalho organizativo em Ciência da Informação. Informação & Informação, Londrina, v. 25, n. 3, p. 423-436, 2020. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/149486. Acesso em: 31 maio 2023.

MARTINES, A. R.; MOREIRA, W.; ALMEIDA, C. Do signo ao tesauro: contribuições de três correntes da linguagem. Ciência da Informação, [s.l.], v. 51, n. 1, p. 2022. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/193887. Acesso em: 31 maio 2023.

Publicado

2024-01-02

Como Citar

PEREIRA BATISTA, Andreza; CLOTILDE DE ANDRADE MAIA, Francisca; RODRIGUES ALCÂNTARA, Saul; CAVATI SOBRINHO, Heliomar. Tesauro no domínio da Comunicação Científica: aplicação do modelo integrado de Cervantes. ConCI: Convergências em Ciência da Informação, Aracaju, v. 6, p. 1–29, 2024. DOI: 10.33467/conci.v6i.18900. Disponível em: https://periodicos.ufs.br/conci/article/view/18900. Acesso em: 12 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigo original